quarta-feira, 1 de abril de 2015

Calvet Filho se coloca à disposição para mediar entre Vigilantes e Governo



O Superintendente de articulação política do governo do estado na região do Munim e Lençóis, Calvet Filho, entrou em contato com o titular do blog, na tarde desta quarta-feira (01) para informar que está solidário com os vigilantes que prestam serviço na regional de Rosário, que já estão há seis meses sem receber salários.

Em meio a matéria intitulada Caos na segurança privada... publicada na manhã desta quarta-feira e produzida pelo inspetor de vigilância patrimonial Marcelo Sousa, Calvet Filho disse que, na condição de Superintendente, está à disposição da categoria para dialogar e mediar soluções entre eles e o governo do estado, a fim de buscar solução imediata para o problema, pra que todos os vigilantes voltem a usufruir de seus proventos para sustento de suas famílias e honorar os compromissos assumidos.

 

As empresas cujos os vigilantes são empregados, alegam problemas administrativos e financeiros por não receberem regularmente do governo do Estado pelo contrato de prestação de serviços.


Me solidarizo com a categoria e, na condição de Superintendente de Articulação Regional, me coloco a disposição para ser interlocutor junto ao governo do estado na intenção de buscarmos uma solução imediata para que tudo seja resolvido e todos possam voltar a ter uma vida digna usufruindo de seus proventos para sustento de sua família e honrando os compromissos assumidos. Na medida que o próprio governo há de reconhecer que mesmo com os salários atrasados todos os profissionais da segurança privada foram fiéis e ordeiros no cumprimento de suas responsabilidades e que antes que se tome qualquer medida ao findar-se o contrato possa reconduzindo-os a continuidade.” Disse.


Informações e vídeos podem ser enviados ao Blog Bacabeira em Foco através do e-mail:bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo WhatSapp (98) 9-9965-0206

Igreja Católica divulga programação da semana Santa em Bacabeira



A paróquia de nossa Senhora da Conceição, em Bacabeira, divulgou a programação de apresentação de uma peça em memória a via Sacra, que será apresentada em alguns povoados da cidade.

São pelo menos três grupos distribuídos para representar o sacrifício do Senhor e salvador Jesus Cristo, durante sua caminhada pela via dolorosa.

O primeiro grupo sairá às 10 horas de Peri de baixo e se apresentará no povoado José Pedro; e logo depois se apresentará no povoado Video.

O segundo grupo sairá também às 10 horas de Peri de cima e se apresentará no povoado Igaraçu, em Rosário; logo depois, seguirá para Santa Luzia, também em Rosário.

O terceiro grupo sairá da sede do município com destino a Gameleira; logo após se apresentará em Ramal do Aboud.

As apresentações serão durante o domingo de páscoa (05).


Informações e vídeos podem ser enviados ao Blog Bacabeira em Foco através do e-mail:bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo WhatSapp (98) 9-9965-0206

Em nota, prefeitura de Rosário responsabiliza moradores por alagamentos



A prefeitura de Rosário, através de sua assessoria de comunicação, emitiu na manhã desta quarta-feira (01), nota esclarecendo os motivos dos alagamentos nas ruas da Balaiada, Dr. José Domingues e no bairro Ivar Saldanha, na noite do último domingo (29).

Os alagamentos foram tão grandes que a água da chuva invadiu casas e causou diversos danos e prejuízos materiais aos moradores.

Segundo a nota, os lixos das residências que são jogados nas ruas foram a causa dos alagamentos, pois entopem a galeria, impedindo assim o escoamento de água.

Vejam:




Informações e vídeos podem ser enviados ao Blog Bacabeira em Foco através do e-mail:bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo WhatSapp (98) 9-9965-0206

Hélder Aragão participa de reunião do COMEFEC em Brasília




O prefeito da cidade de Anajatuba, Hélder Aragão (PMDB) está participando de uma reunião do COMEFEC, em Brasília, junto com outros representantes de cidades ligadas ao Consórcio dos Municípios da Estrada de Ferro Carajás no Maranhão.

A pauta da reunião tratou do projeto que irá definir a futura participação dos municípios impactados pelo projeto Carajás nos royalties da mineração. As ferrovias de uso exclusivo dos mineradores cortam dezenas de cidades do estado e causam grandes prejuízos ambientais.

Na foto, o prefeito Hélder Aragão, ao lado dos prefeitos José Gomes, da cidade de Buriticupu; Cristiane Damião, de Bom Jardim das Selvas; Karla Batista, de Vila Nova dos Martírios e Ivan, de Cidelândia; além de Leonardo Quintão, deputado por Minas Gerais e relator de lei que irá regulamentar o novo marco da mineração brasileira; do deputado Cleber Verde, vice presidente da comissão e Leôncio Lima, diretor administrativo da COMEFEC.

Informações e vídeos podem ser enviados ao Blog Bacabeira em Foco através do e-mail:bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo WhatSapp (98) 9-9965-0206

Caos na segurança privada...



Por Marcelo Sousa

Venho a público denunciar "o caos na segurança privada no estado do Maranhão". E hoje falo em nome de todos os vigilantes do Estado.


Estima-se que hoje a classe dos vigilantes empregados corresponde entre 7 a 8 (sete a oito) mil trabalhadores distribuídos nos 217 municípios e na capital do Estado do Maranhão.


O inconcebível, injustificável está acontecendo embaixo da vista de toda a esfera constitucional estadual, e mais, de modo subversivo, omisso e cruel.


Registro aqui minha consternação, pois há 6 meses esses vigilantes vêm sofrendo com a falta de pagamento, esses 7mil vigilantes e essas 7 mil famílias maranhenses estão passando necessidades e ninguém denúncia, ninguém toma uma providência.


As empresas alegam problemas administrativos e financeiros por não receber do Estado. 


O Estado, através da Secretária de Educação, alega ter em contrato uma carência de 90 dias para fazer o pagamento às empresas, o mesmo não se recusa em pagar os meses atrasados referente ao antigo governo, mas também não define quando e como irá pagar. Sem falar do atraso já na nova gestão.

Senhora Secretária de Educação, 15% dos nordestinos são analfabetos, 25% são analfabetos funcionais, mas sabemos que a fome não espera 90 dias por um prato de comida. 


Gostaria de pedir a atenção do Ministério Público Federal, da Assembléia Legislativa do Estado do Maranhão, da Bancada Maranhenses dos Deputados Federais em Brasília, e uma declaração direta do Governador do Estado.


Queremos que esses órgãos, instituições e Estado nos respondam.
Onde foi parar o dinheiro referente a seis meses de salários atrasados dos vigilantes que prestam serviços de segurança privada em todo o estado? 


Com a palavra Vossas Excelências.


Agradeço à Deus, que através da fé nos tem dado oportunidade de lutarmos por justiça e direitos iguais, à minha família e amigos, ao blog e seu titular, e ao Sindicato da categoria pelas conquistas alcançadas. 


Fica meu pedido ao Excelentíssimo Senhor Flávio Dino Governador do Estado, para que tome conhecimento da real situação e direcione as devidas providências. Pedido esse, de quem acreditou e acredita na mudança, e que pode dizer: "- eu levantei a bandeira do novo governo".



Informações e vídeos podem ser enviados ao Blog Bacabeira em Foco através do e-mail:bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo WhatSapp (98) 9-9965-0206

Secretaria de Segurança promete rigor em operação contra agiotagem




O Imparcial - O  Secretário Estadual de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, e os delegados da Polícia Civil, Alberto Wagner Santos e Augusto Barros, além do representante do Ministério Público do Maranhão, Marco Aurélio, concederam entrevista coletiva para informar dados da Operação Imperador, que investiga 42 municípios associados a esquemas de agiotagem no estado.

A Operação é derivada da Operação Detonando, que investigou o assassinato do jornalista Décio Sá, em 2012. Segundo informações das autoridades, documentos apreendidos durante a prisão da ex-prefeita de Dom Pedro, na manhã desta terça-feira, 31, serão usados juntos com os recolhidos na casa dos acusados de assassinar o jornalista.

As investigações revelaram o envolvimento de Alfredo Falcão, filho de Arlene, Rodrigo Manso, sobrinho da ex-gestora de Dom Pedro, e João Cavalcante Neto, funcionário utilizado como laranja no esquema de corrupção. Os três acusados já receberam mandado de condução coercitiva.

Na casa de Arlene, em São Luís, foram apreendidos quatro veículos e um montante de documentos falsos. Em Codó, vinte carros de luxo da ex-prefeita foram retidos pela polícia. Mais de dez empresas fantasmas criadas por Arlene e a família foram descobertas com registros falsificados. O filho da ex-prefeita, Eduardo DP, conhecido no município por ‘imperador’, está sendo investigado por envolvimento direto em fraudes de procedimentos licitatórios.

O foco da agiotagem e licitações fraudulentas em Dom Pedro era a distribuição de merenda escolar e medicamentos. O secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, afirmou que as investigações no município continuam e que nos próximos dias novos fatos serão acrescentados ao processo. “Em Dom Pedro aconteceu a primeira etapa de uma investigação contínua sobre corrupção e agiotagem no Maranhão. A morte de Décio Sá foi uma referência para as investigações sobre este crime e vamos dar continuidade ao desbaratamento destes grupos corruptos. Estamos retomando as investigações para finalizar tudo. O trabalho não irá parar”, enfatizou o secretário.

A Operação Imperador, investiga 41 municípios associados a esquemas de agiotagem no estado. 

Até o momento, a polícia já descobriu o desvio de R$ 5 milhões que seriam destinados a medicamentos e merenda escolar, por conta da agiotagem.

 “Priorizaremos também o combate à corrupção e demais crimes que sangram nossos cofres públicos, além de efetuar prisões de pessoas que enriquecem de forma ilícita com o dinheiro público e assegurar que atuais e futuros gestores não repitam tais ações”, esclarece o delegado-geral, Augusto Barros.

Combate à corrupção

O secretário antecipou que em abril a Secretaria de Segurança Pública inaugura a Superintendência Estadual de Prevenção e Combate a Corrupção, que acompanhará de perto os processos de investigação relacionados ao mau uso do dinheiro público e agiotagem. “A superintendência dará um novo gás às investigações e permitirá o acompanhamento dos passos para compor os processos probatórios”, disse Portela. 

Municípios na mira da Operação Imperador

APICUM AÇU

ARARI

BACABAL

BREJO

CAJAPIÓ

CANDIDO MENDES

CANTANHEDE

CAXIXAS

COELHO NETO

CURURUPU

DOM PEDRO

LAGO VERDE

LAGOA GRANDE

MAGALHÃES DE ALMEIDA

MARAJÁ DO SENA

MIRADOR

MIRANDA DO NORTE

MIRINZAL

NINA RODIRGUES

PAÇO DO LUMIAR

PASTOS BONS

PAULO RAMOS

PENALVA

PINDARÉ MIRIM

PINHEIRO

ROSÁRIO

SANTA LUZIA

SANTA LUZIA DO PARUÁ

SÃO DOMINGOS DO AZEITÃO

SÃO DOMINGOS DO MARANHÃO

SÃO FRANCISCO DO BREJÃO

SÃO JOÃO DO SÓTER

SÃO LUÍS

SERRANO DO MARANHÃO

SUCUPIRA DO RIACHÃO

TIMON

TURILÂNDIA

TUTÓIA

URBANO SANTOS

VARGEM GRANDE

ZÉ DOCA 

Informações e vídeos podem ser enviados ao Blog Bacabeira em Foco através do e-mail:bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo WhatSapp (98) 9-9965-0206

Roberto Rocha questiona ministro da Fazenda sobre responsabilidade política e cortes de gastos no governo federal



O senador Roberto Rocha (PSB-MA) considerou insatisfatórias as respostas do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, às suas perguntas sobre cortes de custeios pelo governo federal e o reconhecimento de erro na condução da economia. Joaquim Levy participou de audiência pública, nesta terça-feira (31), das 10h às 18h, na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, e respondeu ao questionamento de senadores sobre ajuste fiscal, indexação da dívida dos estados e política econômica.
Roberto Rocha, que é membro titular da comissão, ressaltou sua preocupação com as contas públicas brasileiras, que apresentaram o maior déficit dos últimos 18 anos - R$ 7,357 bilhões, e com o aumento da receita de apenas 0,1%, enquanto a despesa subiu 5.6%. “Quando uma pessoa física ou jurídica gasta mais que arrecada, quem paga a conta é a pessoa ou seus sócios. No entanto, quando o governo faz isso, quem paga a conta são os contribuintes, o sócio da empresa pública é o povo,” afirmou o senador. Ele também lembrou que os candidatos do seu partido à Presidência, Eduardo Campos, seguido por Marina Silva, já haviam antecipado o cenário de desequilíbrio que se confirma na atualidade e foram, por esta razão, bastante criticados pelo governo durante a campanha eleitoral passada.
“Quando serão as medidas de corte de custos do próprio governo, que tem 39 ministérios e 25 mil cargos em comissão?” questionou o senador. Ele também cobrou um mea culpa por parte do governo, como forma de explicar à população por qual motivo ela agora é convidada a pagar a conta.
O ministro que respondeu às perguntas dos senadores em bloco, disse que existe um grupo de trabalho empenhado em estudar uma forma inteligente de baixar custos, mas não foi claro sobre quais custos serão cortados. Sobre o reconhecimento de erro, Joaquim Levy afirmou que o importante é sinalizar com o que vai fazer para frente, coisa que, segundo ele, já está sendo feito.

Informações e vídeos podem ser enviados ao Blog Bacabeira em Foco através do e-mail:bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo WhatSapp (98) 9-9965-0206

terça-feira, 31 de março de 2015

Prefeitura paga hoje funcionários municipais de Bacabeira



A prefeitura de Bacabeira, através de sua assessoria de comunicação, informou agora a pouco ao titular do blog que estará realizando o pagamento dos servidores municipais na noite desta terça-feira (31).

Segundo informações da prefeitura, os proventos vão começar a ser liberados nas contas dos servidores a partir das 19 horas.


Informações e vídeos podem ser enviados ao Blog Bacabeira em Foco através do e-mail:bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo WhatSapp (98) 9-9965-0206

Prefeitura de Bacabeira e Sindicato discutem melhorias para servidores públicos municipais




O prefeito de Bacabeira, Alan Linhares, recebeu nesta segunda-feira, 30, em seu gabinete, membros do Sindicato Intermunicipal dos Servidores Públicos Municipais de Rosário, Bacabeira e Presidente Juscelino (Sismurb) para discutir algumas reivindicações da categoria com o Governo Municipal.

Entre os pleitos apresentados pelo presidente do Sismurb, Raimundo Nonato Santos, estavam o pagamento retroativo de reajuste salarial referente ao mês de janeiro de 2015 aos profissionais da rede municipal de ensino e a implantação do Plano Municipal de Cargos e Salários dos servidores da Administração e da Saúde.

Alan Linhares acolheu a pauta de reivindicações apresentada e, mesmo em conformidade com o que foi estabelecido pelo governo federal, cujo pagamento do reajuste de 13,01% aos servidores da educação deveria ser efetuado a partir do mês de fevereiro, atendeu ao pedido do pagamento retroativo referente a janeiro, conforme solicitado pela categoria. O pagamento será efetuado hoje (31), juntamente com o pagamento de todos os servidores públicos municipais referente ao mês de março.

Segundo o prefeito Alan Linhares, a gestão preza pelo diálogo e respeito ao servidor público. “A gestão desde o início se fez sensível aos problemas e às reivindicações dos servidores municipais, efetuando os pagamentos em dia, trabalhando dentro da legalidade e sendo transparente em todas as ações. Continuaremos respeitando todas as classes e buscando no diálogo as melhores soluções para o governo municipal e para o povo”, disse o prefeito Alan.

De acordo com a secretária de Educação, Deiviane Torres, que também participou da reunião, a prefeitura municipal respeita a Lei do Piso e afirmou que o salário pago aos educadores de Bacabeira é maior do que o estabelecido pelo governo federal. “O novo piso salarial dos professores, determinado pelo governo federal, é de R$ 1.917,68. Porém, o piso pago pela Prefeitura de Bacabeira é superior. Dependendo da titulação e do tempo de serviço os profissionais da educação chegam a ganhar mais de R$ 4.000,00”, ressaltou a secretária.

Também participaram da reunião as secretárias municipais de Administração, Vilany Rodrigues, e Saúde, Tatá Torres.

Ascom Prefeitura de Bacabeira

Informações e vídeos podem ser enviados ao Blog Bacabeira em Foco através do e-mail:bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo WhatSapp (98) 9-9965-0206

CCJ aprova tramitação de PEC da maioridade penal



Câmara dos deputados - A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou nesta terça-feira o voto em separado do deputado Marcos Rogério (PDT-RO), favorável à admissibilidade da PEC 171/93, que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos. Foram 42 votos a favor e 17 contra – resultado que gerou protesto de manifestantes presentes na reunião.

Antes, havia sido rejeitado o relatório do Luiz Couto (PT-PB), que era contrário à proposta. Couto argumentou que a proposta fere cláusula pétrea da Constituição, o que a tornaria inconstitucional.
No parecer vencedor, Marcos Rogério afirma que a redução da maioridade penal “tem como objetivo evitar que jovens cometam crimes na certeza da impunidade”. Ele defendeu que a idade para a imputação penal não é imutável. "Não entendo que o preceito a ser mudado seja uma cláusula pétrea, porque esse é um direito que muda na sociedade, dentro de certos limites, e que pode ser estudado pelos deputados", disse.
Já o deputado Alessandro Molon (PT-RJ) lamentou o resultado: “Estamos decidindo mandar para um sistema falido, com altíssimas taxas de reincidência, adolescentes que a sociedade quer supostamente recuperar. É um enorme contrassenso.”

PT, Psol, PPS, PSB e PCdoB votaram contra a proposta. Os partidos favoráveis à aprovação da admissibilidade foram PSDB, PSD, PR, DEM, PRB, PTC, PV, PTN, PMN, PRP, PSDC, PRTB. Já os que liberaram suas bancadas porque havia deputados contra e a favor foram os seguintes: PMDB, PP, PTB, PSC, SD, Pros, PHS, PDT, e PEN.
Tramitação
No exame da admissibilidade, a CCJ analisa apenas a constitucionalidade, a legalidade e a técnica legislativa da PEC. Agora, a Câmara criará uma comissão especial para examinar o conteúdo da proposta, juntamente com 46 emendas apresentadas nos últimos 22 anos, desde que a proposta original passou a tramitar na Casa. 

A comissão especial terá o prazo de 40 sessões do Plenário para dar seu parecer. Depois, a PEC deverá ser votada pelo Plenário da Câmara em dois turnos. Para ser aprovada, precisa de pelo menos 308 votos (3/5 dos deputados) em cada uma das votações.
Depois de aprovada na Câmara, a PEC seguirá para o Senado, onde será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e depois pelo Plenário, onde precisa ser votada novamente em dois turnos.

Se o Senado aprovar o texto como o recebeu da Câmara, a emenda é promulgada pelas Mesas da Câmara e do Senado. Se o texto for alterado, volta para a Câmara, para ser votado novamente.

Informações e vídeos podem ser enviados ao Blog Bacabeira em Foco através do e-mail:bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo WhatSapp (98) 9-9965-0206

Mozart Baldez volta a denunciar irregularidades em processo movido contra vereadores




O advogado Mozart Baldez, que faz defesa dos vereadores de Rosário, Magno Nazar (PRP) e Agenor Brandão (PV), no processo movido pelo ministério público após recebimento de denúncia anônima, voltou a denunciar irregularidades no processo em meios de comunicação.
Baldez concedeu entrevista ao jornal Pequeno, em edição publicada deste domingo (29).
Conheça o caso completo clicando nos links
Informações e vídeos podem ser enviados ao Blog Bacabeira em Foco através do e-mail:bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo WhatSapp (98) 9-9965-0206

Vereador propõe proibição de extração ilegal de madeira em Rosário


O vereador Pedrosa Necó (PSB) apresentou projeto de lei municipal que propõe proibir a extração ilegal de madeira, diariamente comercializada na cidade de Rosário.

O projeto foi posto em pauta na sessão desta segunda-feira (30) e foi aprovada como objeto de deliberação nas comissões de Legislação e Justiça e Meio Ambiente da câmara.

Há duas semanas, dezenas de pessoas se manifestaram contra a extração irregular e exagerada de lenha no povoado São Miguel, zona rural de Rosário. O protesto ganhou repercussão regional e chamou a atenção dos vereadores da cidade que, no momento, decidiram entrar na questão para evitar que a mata nativa seja destruída.

Se aprovada em definitivo após a matéria receber parecer das comissões, a lei ainda dependerá da sanção da prefeita Irlahi Linhares (PMDB) para entrar em vigor. Caso ela sancione, os extrativistas e compradores deverão seguir critérios rigorosos para cortar e transportar madeira no município.

Os critérios exigidos na lei serão:

- Madeira certificada: madeira atestada por entidades / instituições certificadoras oficiais, provenientes de Plano de Manejo Florestal autorizado pelo IBAMA, oriunda de área manejada de forma ambientalmente adequada, socialmente justa e economicamente viável.

- Certificação Florestal: Certificado dado a empresas, proprietário ou comunidade aos produtos que foram extraídos da floresta usando meios corretos para o ambiente e para a sociedade. A certificação envolve avaliação das questões sociais econômicas e ambientais do manejo das florestas, sejam nativas ou plantadas.

- Cadastro Técnico Federal de Atividades Potencialmente Poluidoras ou Utilizadores de Recursos Ambientais: cadastro técnico obrigatório pelo IBAMA, para todas as pessoas físicas e jurídicas que se dedicam a atividades potencialmente poluidoras e/ou a extração, produção, transporte e comercialização de recursos ambientais.

- Conselho de Manejo Florestal órgão que defini os padrões para a certificação e monitora o trabalho das entidades que dão o certificado: as certificadoras. O FSC que no Brasil é representado pelo Conselho Brasileiro de Manejo Florestal - CBMF credencias instituições não governamentais para certificação florestal.

A lei também alcança a própria prefeitura, que deverá seguir os mesmos critérios na hora de comprar madeiras para obras públicas.

Segundo a lei, o município de Rosário deverá ser o responsável pela fiscalização, bem como imputar multas caso alguns desses requisitos sejam violados e descumpridos.

Nossa propositura tem como objetivo coibir o desmatamento ilegal de madeira nativa e regulamentar a comercialização deste produto em conformidade com legislação especifica, tendo em vista que quase a totalidade da madeira utilizada no nosso município provém da amazônica legal. 80% da madeira que sai da nossa jurisdição é ilegal e mais barata, fator determinante que necessita de instrumento que promova concorrência pública na compra por parte das madeireiras, serrarias, marcenarias, padarias e cerâmicas.” Explicou.

Todos os vereadores foram unanimes em favor da matéria, principalmente o presidente da comissão de meio ambiente da câmara, vereador Luis Carlos, o Kiko (PP), que tem vários parentes donos de cerâmicas em Rosário. Ele disse que jamais seria contrário uma lei que pretende preservar o meio ambiente, mesmo que, pra isso, tenha que ir de encontro a vários interesses.

O vereador Jorge do Bingo (PTdoB) disse que não adianta uma lei desse porte se as pessoas que extraem madeira não se adequarem a ela. Segundo ele, são os próprios moradores de São Miguel e de localidades próximas que cortam árvores para venderem aos empresários do ramo de cerâmicas do município.

O presidente da câmara, vereador Agenor Brandão (PV) disse que sempre foi contra a extração ilegal de madeira, e contou que, anos atrás, lutou contra essa mesma prática no povoado São Joao do Rosário, onde madeireiros estavam acabando com a mata nativa daquele povoado, e que hoje, esse tipo de crime foi extinto na localidade.

A matéria deve voltar à pauta na sessão do dia 13 de abril.

Informações e vídeos podem ser enviados ao Blog Bacabeira em Foco através do e-mail:bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo WhatSapp (98) 9-9965-0206

Pr. Malafaia diz que governo Dilma tira autoridade dos pais sobre filhos



No programa Vitória em Cristo do último sábado, 28 de março, o pastor Silas Malafaia teceu críticas ao governo da presidente Dilma Rousseff (PT) por aderir às estratégias do ativismo gay e publicar a resolução que permite a adolescentes usarem os banheiros do sexo oposto nas escolas públicas e privadas.
De acordo com Malafaia, existe por parte da militância homossexual um empenho em fazer as pessoas acreditarem que quem não é a favor da homossexualidade, necessariamente é defensor da violência contra gays, lésbicas e transexuais.
“Nós não estamos aqui para proibir ninguém de ser nada. A questão não é essa. Ok? Se alguém quer ser homossexual, é direito ser. Nós não estamos aqui para concordar com violência contra grupo nenhum, e nem contra homossexuais, nem contra ninguém. Agora, eu, pela Constituição Brasileira, pelo Estado Democrático de Direito, como qualquer um pode criticar a religião de quem quiser, como qualquer um pode criticar o comportamento de quem quiser, tenho o direito de contraditar toda a teoria do ativismo gay”, disse o pastor, referindo-se ao argumento de discriminação de gênero, usado para incentivar o uso de banheiros por pessoas do sexo oposto.
Segundo o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), o que o governo federal se propôs a fazer em defesa dos argumentos usados pelos ativistas gays é uma “esculhambação”.
“Onde é que esses caras desse governo querem chegar?”, questionou o pastor. A resolução permite que meninos e meninas que decidirem usar os banheiros do sexo oposto não precisam da autorização dos pais.
“Querer tirar da família, dos pais, sobre os filhos… Um garoto de 12 anos de idade poder se vestir de mulher, ir à escolha e entrar no banheiro feminino? Onde é que esses caras desse governo querem chegar? Isso é uma afronta à família, uma afronta a autoridade dos pais, é uma esculhambação!”, esbravejou Malafaia. (Notícias Gospel Mais)

O pastor ainda sintetizou seu pensamento sobre o caso em um lema: “Família fortes, nação forte; famílias fracassadas, nação sem rumo!”. Assista:

Informações e vídeos podem ser enviados ao Blog Bacabeira em Foco através do e-mail:bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo WhatSapp (98) 9-9965-0206

Prefeitura de Anajatuba recupera ruas do município




A prefeitura do município de Anajatuba continua melhorando a vida das pessoas da cidade, e desta vez, o bairro Limirique recebeu serviços de infraestrutura que foram totalmente recuperadas e asfaltada pela prefeitura de Anajatuba. Esse foi um dos compromissos de campanha do atual prefeito da cidade, Hélder Aragão (PMDB).
As obras de asfaltamento e calçamento das ruas foram realizadas com recursos do próprio município e melhorou consideravelmente o aspecto urbanístico do bairro, que estava numa situação caótica antes das obras iniciarem.
Os moradores do bairro comemoram a iniciativa da prefeitura com a chegada das obras que está facilitando e melhorado a vida das pessoas. “Isso tem sido uma de nossas preocupações desde quando assumimos o município. Estamos buscando parcerias para melhorar ainda mais as vias públicas da cidade e garantir uma melhor qualidade de vida para a população anajatubense”. Disse o prefeito.
Além das obras de asfaltamento, ainda estão em processo de execução uma moderna quadra poliesportiva, que pretende facilitar o acesso dos jovens às práticas esportivas; e uma nova unidade básica de saúde – UBS, que está em fase de construção no bairro.
A prefeitura também se preocupou com os antigos problemas de alagamentos das ruas e construiu galerias para escoamento e vazão da água das chuvas.
ANTES

DEPOIS
Informações e vídeos podem ser enviados ao Blog Bacabeira em Foco através do e-mail:bacabeiraemfoco@hotmail.com ou pelo WhatSapp (98) 9-9965-0206